• EEL Júnior

Vida de um Pós Junior

Fazer parte de uma Empresa Júnior (EJ) traz inúmeros benefícios para a vida pessoal e profissional dos membros: trabalho em equipe, responsabilidade, acesso a informações, protagonismo, liderança, etc.

Quando o membro deixa a EJ, parte desses valores vão com ele e os acompanha ao longo do cotidiano, vai se tornando parte dele. É uma relação mútua: o empresário faz a EJ, ele é dono dela, e a EJ transforma o empresário. Da mesma forma em que cada membro deixa o seu legado na Empresa Júnior, a experiência no MEJ deixa uma marca nos membros. Abaixo estão os depoimentos de pessoas que já passaram pela EEL Júnior e contam como é ser um Pós Júnior:



TALITHA MENEZES:

Diretora de Gestão de Pessoas- 2016


“O que dizer da EEL Júnior e o quanto ela me influenciou na minha vida?

Bom, nem sei como colocar em 3 parágrafos o quanto que essa experiência marcou a minha vida, mas vou tentar explicar o quanto que a EEL Júnior foi essencial para minha carreira.

A experiência de ter trabalhado na empresa júnior me deu a possibilidade de já aprender a balancear o trabalho, as reuniões e as entregas de projetos com as aulas e os tempos para estudo- o que foi a melhor preparação possível para essa época da minha vida: estágio e final de faculdade!

Além disso, foi na EJ que aprendi a ter coragem de arriscar, fazer e errar!! Poder errar e deixar registrado para as próximas gestões é um hábito que desenvolvi na época e hoje uso todos os dias no trabalho!!”







FABIO MOURA CAVALCANTE:

Presidente- 2018


“Eu fiz parte da EEL Júnior por dois anos. Dois anos bastante intensos! Foi a minha primeira experiência numa atividade “além da sala de aula” e com certeza aprendi muita coisa que levo pra minha vida, principalmente sobre estar junto com um time e que a gente se capacita a todo momento.

Estar numa empresa júnior é saber que temos ao nosso lado pessoas extremamente competentes e que têm o mesmo propósito da gente. E isso é muito bom pra aprendermos a trabalhar bem em time, confiarmos uns nos outros. Levo isso comigo todos os dias no meu estágio e com certeza usarei na minha carreira adiante.

Além disso, não dá pra deixar de lado o fato de que uma empresa júnior é ainda uma empresa! Então em níveis de conhecimento estratégico e financeiro, muito do que eu aprendi estando na gestão da EEL Júnior em 2018 é bem útil no meu dia-a-dia atualmente. Seja pra entender do budget da companhia que faço parte ou até uma análise SWOT de algum produto que precisei fazer!

Poderia falar de várias outras situações que me fizeram crescer junto com a EEL Júnior, mas só a experiência de estar em uma empresa júnior é que diz tudo. Formar pós-juniores como profissionais de excelência e impulsionar o movimento tornando sua empresa júnior cada vez melhor é o que vale no final das contas…”




LEONARDO FERNANDES:

Gerente de Projetos - 2017


“A EEL Júnior foi um diferencial na minha vida, foram 3 anos e meio de muito trabalho e aprendizado, e devo a ela a pessoa e o profissional que sou hoje.

O desenvolvimento começou antes mesmo de eu entrar, já que não passei na primeira vez que fiz o processo seletivo, precisando ir atrás de feedback e melhorar para próximo. Completada essa etapa, decidi me envolver no máximo de projetos, internos ou externos, possíveis, e tudo que eu dei de esforço eu recebi de volta em aprendizado e desenvolvimento, vieram 7 projetos e inúmeros processos internos e vendas, e com eles uma imensa experiência que me permitiu a ser um profissional e uma pessoa mais completa.

Hoje vejo que muitas das qualidades desenvolvidas na empresa são fundamentais no meu dia dia no trabalho, sendo os principais ética, responsabilidade e trabalho em equipe, mas muitos outros também estão presente, além da certeza que posso enfrentar todos os desafios se estiver disposto a aprender.”





RODRIGO VIDA:

Diretor de Marketing- 2017


"Fala, pessoal! Tudo certo?

Meu nome é Rodrigo Vida, fiz parte da EEL Junior de 2015 até o final de 2017, quando encerrei minha passagem como diretor de marketing.

Passei dois anos e meio na EJ e queria compartilhar com vocês um pouco do que foi essa experiência para mim e como isso impactou meu início de carreira.

Hoje eu sou analista júnior no Itaú, trabalho com gerenciamento de projetos focados em tecnologia, implementando soluções e facilidades em sites e apps, melhorando a experiência de quem utiliza essas ferramentas!

Durante o período que passamos na EJ aprendemos muito a gerenciar responsabilidades, assumir riscos, focar no que é importante para o cliente, trabalhar em equipe, fazer amizades em ambientes de trabalho e mais um milhão de coisas que só vivendo pra saber...

Fazer parte desse mundo me permitiu ter muito mais maturidade ao chegar no ambiente de trabalho, mais confiança para encarar os desafios e até a ter melhor performance como profissional!

Eu recomendo demais que você faça parte dessa rede e descubra por você mesmo no que ela pode te ajudar!"


Estar no Movimento Empresa Júnior nos permite aprender, ensinar, crescer, ajudar, trabalhar e dar o nosso melhor ao mundo. Suas marcas ficam em cada membro, em cada projeto, em cada pessoa impactada.

Ser da EEL Júnior significa ser forte:



"Nós somos resilientes e destemidos.

Comemoramos cada vitória.

Somos donos da EEL Júnior.

Somos uma manada."


419 visualizações