Buscar
  • EEL Júnior

Não confunda mais Engenharia Ambiental e Engenharia Florestal

Fonte:https://marchesoni.com.br/planeta-verde/

Neste post iremos ajudar a esclarecer suas dúvidas e a entender quais são as peculiaridades que fazem com que cada uma das engenharias seja diferente.

Mas por que acaba surgindo essa dúvida?

A grande similaridade se dá porque ambas as engenharias são encarregadas de promover ações de preservação dos recursos naturais e manutenção de ações realizadas pelo homem frente ao meio ambiente. No entanto, a área de atuação de cada uma delas para reduzir esses impactos é diferente e as capacitações dos profissionais formados por elas também, o que faz com que as áreas de atuação ocorram em setores diferentes do mercado.

Confira a seguir as principais definições para cada segmento da engenharia:

Falando um pouco sobre a Engenharia Ambiental

É voltada para execução de processos que proporcionem um tratamento mais adequado dos resíduos gerados de atividades industriais, domésticas ou de outras origens, para que eles possam ser descartados no solo ou rios gerando menos danos, por meio da remoção de elementos tóxicos e poluidores dos recursos naturais ou também para promover a reutilização dos resíduos em algum processo de produção.

O profissional formado na engenharia ambiental tem como maiores atribuições:

  • Fazer estudos de processos de descarte que possam gerar poluição e criar metodologias para um tratamento mais adequado;

  • Fazer análises sobre a qualidade das águas dos rios e mares, frente ao despejo dos resíduos e identificar como gerar melhorias;

  • Incentivar a sociedade a fazer uso dos recursos naturais de forma mais sustentável, com a implementação de projetos de conscientização;

  • Fiscalizar atividades industriais, analisando as emissões de gases poluentes e exploração de recursos do meio ambiente.

E a Engenharia Florestal?

Tem como finalidade auxiliar para que os processos de exploração dos recursos na natureza ocorram de forma mais sustentável, por meio de projetos que promovam a preservação, reposição da matéria prima e conscientização da sociedade sobre cuidados com a natureza.

Assim, o profissional dessa engenharia tem como principais funções:

  • Participar de projetos de reflorestamento;

  • Fazer pesquisas sobre como recuperar áreas degradadas;

  • Desenvolver técnicas que gerem melhorias para os vegetais, para assim aumentar o crescimento;

  • Promover projetos que gerem conscientização sobre a exploração dos recursos naturais e os impactos envolvidos, por meio da relação com o ecossistema envolvido.

Então com base nessas informações pode-se concluir

As duas engenharias desempenham papéis muito importantes para a regulamentação de atividades dos seres humanos com a natureza, a fim de promover a continuidade dos recursos e evitar danos devido a exploração e poluição. Tendo áreas de atuação diferentes, como mencionado a Engenharia Ambiental é voltada ao gerenciamento dos resíduos e a redução dos impactos gerados e a Engenharia Florestal tem como finalidade auxiliar para que o desenvolvimento ocorra de forma mais sustentável.

Assim, com esse post esperamos ter ajudado a esclarecer as principais diferenças e a mostrar um pouco dos fundamentos de cada engenharia.

42 visualizações