• EEL Júnior

4 passos para se ter uma excelente fermentação

Você é apaixonado(a) por bebidas fermentadas? Se sim, você está no lugar certo!


Para guiar o nosso texto, vamos usar a fermentação alcoólica como referência. Mas o que vamos levantar aqui serve para qualquer tipo de fermentação, tudo bem?


Passo 1 – Escolha do microrganismo


Essa decisão deve ser tomada levando em consideração o tipo de bebida que se deseja produzir e o qual o metabolismo da levedura (ou bactéria)


Passo 2 – Escolha da matéria prima


O material a ser fermentado deve respeitar fazer parte do ciclo metabólico do organismo escolhido


Passo 3 – Ajustes dos parâmetros


Além da escolha da matéria prima devemos realizar algumas correções para que o fungo realize a fermentação de maneira efetiva. Esses parâmetros são: ºBrix, acidez e valor nutricional. Para exemplificar, vamos analisar a produção de etanol, no qual é utilizado Saccharomyces cereviase

A quantidade de sólidos solúveis deve ser ajustada entre 16 a 18 ºBrix, com uma acidez de 4,5 a 5,5 na escala de pH. E os elementos nitrogênio, fósforo e potássio devem ser ajustados para que o processo não apresente deficiência.


Passo 4 – Partindo para a fermentação


Nessa etapa vamos realizar o contato entre o mosto e o agente fermentador, respeitando a proporção de 90% e 10% do volume do reator, respectivamente.


Ufa! Agora que trilhou esse caminho está preparado para desbravar o mundo das bebidas.


Caso for do seu interesse, deixo aqui o link da nossa página referente a “Produção de Bebidas Fermentadas”


30 visualizações